CENTRAL DE ATENDIMENTO
De segunda à sexta das 9:00 às 18:30
(11) 3522-7626 / vendas@robocore.net
Retornar
ao topo

Kit Iniciante V8 p/ Arduino - 3. Software e Drivers



Instalando o Arduino IDE


O primeiro passo para começar a trabalhar com o Arduino é instalar a versão mais atual do ambiente de desenvolvimento (IDE) do Arduino, onde todos os código serão desenvolvidos. O ambiente de desenvolvimento pode ser baixado gratuitamente de www.Arduino.cc. Para um passo a passo de como realizar a instalação, veja o tutorial Instalando o Arduino IDE.


Fonte: www.arduino.cc

A Arduino IDE é um software de código aberto (open source), ou seja, todo o seu código fonte está disponível para utilização e pode ser adaptado para diferentes fins. Todas as vezes que você faz um download na página oficial do software, uma tela aparece solicitando uma doação para ajudar a acelerar o desenvolvimento do projeto. Não é obrigatório doar para baixar a IDE, basta clicar em JUST DOWNLOAD para fazer o download sem custo algum.


Fonte: www.arduino.cc

Introdução à Arduino IDE


Após a instalação, abra a Arduino IDE para começar a se acostumar com o ambiente de desenvolvimento que te acompanhará ao longo dessa apostila. Você deve visualizar uma janela similar a esta:


Fonte: www.sparkfun.com
  1. Verificar: compila e aprova o seu código. O compilador detectará erros de sintaxe (como ponto e vírgula ou parênteses faltantes);
  2. Carregar: envia o seu código para a placa Arduino;
  3. Novo: abre uma nova janela de código;
  4. Abrir: permite abrir um esboço existente;
  5. Salvar: salva o esboço atualmente ativo;
  6. Monitor serial: abre uma janela que exibirá qualquer informação serial que sua placa Arduino está transmitindo para o seu computador. Você estudará melhor essa funcionalidade ao longo do material;
  7. Nome do esboço: mostra o nome do esboço no qual você está trabalhando atualmente;
  8. Área do código: esta é a área onde você compõe o código para o seu esboço;
  9. Área de mensagens: é onde a IDE diz se houve algum erro no seu código ou se o código foi compilado e carregado corretamente;
  10. Console de texto: mostra mensagens de erro completas. O console de texto é muito útil para a depuração;
  11. Placa e porta serial: mostra a placa e a porta serial selecionadas.

Instalando o driver da placa


Após a instalação da IDE em seu computador, conecte o cabo USB presente no kit em sua placa e depois a uma porta USB do computador. A placa deve ser reconhecida automaticamente pelo computador, uma vez que a IDE já foi instalada. Caso você esteja usando a placa BlackBoard ou BlackBoard Mega e ela não seja reconhecida automaticamente, siga o tutorial Instalando o Driver da BlackBoard.
Quando o computador reconhece a placa Arduino, uma porta de comunicação é criada para que a IDE consiga se comunicar com a placa. No Windows você pode verificar a porta criada acessando o Gerenciador de Dispositivos do sistema. Esta porta terá o nome COMx, onde x é um número, e esta porta deverá ser selecionada na IDE do Arduino, no menu Ferramentas > Porta. No Mac esta porta terá um nome como /dev/tty.usbmodemX, onde novamente o x representa um número específico para a porta criada. Ainda no menu Ferramentas, você deverá optar pela sua placa Arduino em Placas. Selecione tanto a porta de comunicação quanto a placa. Se você estiver usando a placa BlackBoard, selecione a placa "Arduino UNO" (já que o bootloader usado no microcontrolador da BlackBoard é o mesmo do Arduino UNO). O mesmo acontece para a BlackBoard Mega, se essa for a sua placa, seleciona a placa "Arduino Mega ou Mega 2560".



Continue para o próximo tópico após selecionar a placa e a porta serial corretas.