LOJA FÍSICA
Praça Mauá, 4541 - Sala 22
09580-050 - São Caetano do Sul / SP
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(11) 3522-7626
info@robocore.net
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
De segunda à sexta das 9:00 às 18:30
Retornar
ao topo
Retropie Arcade


Produzidos a partir dos anos 70, os Arcades influenciaram a vidas de muitos, apresentando vários clássicos que deixaram saudades. Para relembrar os velhos tempos, este tutorial apresentará como montar e configurar um arcade usando uma Raspberry Pi.

Este tutorial apresentará:
Itens necessários:

  1. Instalação do Retropie + Retrogame:

  2. A instalação do Retropie + Retrogame é importante, pois este sistema tem alterações que habilitam os pinos digitais da Raspberry como teclado, assim o sistema interpretará o acionamento de cada I/O como uma tecla.

    Instruções:
    1. Baixe Retropie + Retrogame aqui.

    2. Obs: Não se esqueça de verificar se o sistema que está baixando é compatível com sua versão da Raspberry Pi. Para quem está usando a vesão 3 da placa, dê preferência para a versão mais atual (3.8.1) pois possui mais correções de bugs.

    3. Instale o sistema seguindo o procedimento 2 do tutorial "Instalando Ubuntu na Raspberry Pi" usando o Retropie no lugar do Ubuntu.

  3. Configurações do sistema :

  4. Esta etapa consiste em configurar quais comandos (teclas) serão lidos quando uma porta digital é acionada e como interpretá-los. Por isso o primeiro passo é verificar quais comandos estão relacionadas aos pinos da Raspberry.

    Instruções:
    1. Quando ligar a Raspberry Pi pressione a tecla F4 para acessar o Terminal.

    2. Acesse o arquivo "retrogame.c", digitando no terminal: "cd Retrogame" depois "sudo nano retrogame.c"


    3. No arquivo retrogame.c:
      Desça até a linha 94. - OBS: Para verificar a posição atual do cursor pressione as teclas "Ctrl + c ".


    4. Anote os pinos e as teclas correspondentes.

    5. Pressione "Ctrl + x" para sair do arquivo.
    6. OBS: É POSSÍVEL EDITAR OS PINOS DIGITAIS E OS COMANDOS. Depois de realizar as alterações apenas pressione "Ctrl + o" (salva as alterações do código), saia do arquivo e digite "make".

      Depois de verificar os pinos e os comandos correspondentes, será necessário acessar o arquivo "retroarch.cfg", responsável pela interpretação de comados de todos os consoles que o sistema pode emular.

    7. Acesse o arquivo "retroarch.cfg", digitando no terminal: "cd /opt/retropie/configs/all" e logo em seguida "nano retroarch.cfg".

    8. No Arquivo "retroarch.cfg":
      Desça ate a linha 427.


    9. Altere os comandos (entre aspas) conforme o arquivo "retrogame.c", tirando "KEY_" e escrevendo tudo em letra minúscula. A adição de outro jogador é muito simples, basta adicionar mais inputs trocando "player1" por "player2", como a imagem abaixo.


    10. Saia do arquivo, pressionando "Ctrl + x".

    11. Então pressione "y" para confirmar.
  5. Adição de jogos

  6. O RetroPie consegue emular jogos de diversas plataformas, mas o sistema não contem nenhum jogo, por isso será necessário gravá-los.

    Para isso siga os passos do tutorial "Configurando o RetroPie."
  7. Montagem

  8. Tendo em vista que a estrutura de um Arcade pode ser construída de diversas formas, esta parte do tutorial será focada apenas nos componentes eletrônicos do arcade, fornecendo alguns exemplos de montagem.
    • Estrutura

    • Como apresentado acima, existem várias formas de montar um arcade. Contudo os modelos mais interessantes que podem ser tomados como referência são Fight Stick V3, RetroPie Gaming/Arcade System ou o PiRetrocade (projeto feito com uma caixa de papelão), pois todos compartilham uma característica interessante, a possibilidade de ser ligado a diversos televisores e por ser portátil se comparados aos arcades tradicionais.
    • Cabos

    • Atenção:
      Todos os procedimentos abaixo devem ser realizadas com a placa DESLIGADA, pois curtos ou ligações incorretas com a placa ligada podem ocasionar DANOS irreversíveis à placa.

      Tendo em vista uma montagem mais simples e fácil, todos os pinos foram configurados como pull-up, evitando assim o uso de resistores externos. Dessa maneira os botões são ligados ao GND e ao seu respectivo pino digital como a imagem abaixo.

      Exemplo de ligação com 4 botões.


      Instruções:

      Primeiramente monte o cabo GND comum a todos os botões e joysticks, tendo como base a imagem abaixo, interligando os cabos usando o conector faston e soldando um jumper fêmea para ligar os cabos aos pinos da Raspberry.
      Obs: Para evitar qualquer problema de curto-circuitos na junção do jumper com o cabo, use termoretrátil de 2,5 mm ou fita isolante.


      Anote as configurações realizadas nos arquivos "retrogame.c" e "retroarch.cfg". Estas configurações são importantes, é baseado nelas que saberemos quais pinos digitais devemos ligar os botões e os joysticks.
      Usando a imagem abaixo como exemplo, podemos verificar que o botão "a" do player 1 deve ser conectado ao I/O 22.

      "retrogame.c" à esquerda e "retroarch.cfg" à direita.

      Quando for ligar os botões, use a imagem abaixo para localizar as portas digitais ou gabaritos que podem ser colocados na placa como este.

      Fonte: https://www.raspberrypi.org/documentation/usage/gpio-plus-and-raspi2/


  9. Depois de montar os cabos e ligá-los a Raspberry, conecte o cabo HDMI a um televisor, energize a placa e o arcade estará pronto.


Para fazer comentários é necessário estar logado. Efetuar login.

Você ainda nao é cadastrado? Cadastre-se agora!